Primavera em Londres: como aproveitar a estação mais colorida

Época é ideal para passeios ao ar livre em jardins e parques

Para quem deseja conhecer Londres ou mesmo para quem já mora na cidade, a chegada da primavera na capital britânica é um dos momentos mais aguardados. Quando a temperatura começa a subir e as árvores passam a mostrar suas primeiras flores, todos já sabem que é o anúncio da mais bela estação do ano. Além disso, com o início do horário de verão europeu, os dias ficam mais longos, demorando mais para escurecer, o que favorece os passeios ao ar livre e sob a luz natural.

Neste período e, especialmente, entre os meses de abril e maio, quando já é possível ver tudo mais florido e alegre, é uma excelente oportunidade para visitar os parques e jardins londrinos, famosos em todo mundo. Um dos mais conhecidos e apreciados é o Hyde Park, o maior parque do centro de Londres, com mais de 140 hectares de extensão. O local, que abre diariamente das 5h à meia-noite, é considerado o parque mais famoso da cidade, recebendo a visita de mais de 7 milhões de pessoas todos os anos.

Com mais de 4.000 árvores, o parque oferece várias atrações para os visitantes como pistas para ciclismo, cafés, restaurantes, espaços para diferentes esportes, além de um grande lago, Serpentine, no qual é possível fazer passeios de barco a remo. Em 2004, foi construída uma fonte de água corrente no parque, em homenagem à princesa Diana. Localizado no centro de Londres, o Hyde Park é de fácil acesso e tem entrada gratuita. Mais informações: https://www.royalparks.org.uk/parks/hyde-park

Outra dica de passeio na primavera é o Regent’s Park, mais especificamente, o Queen Mary’s Garden, o jardim que fica dentro do parque. Feito em homenagem à rainha Mary, o jardim possui mais de 12 mil rosas, de 400 tipos diferentes. Além disso, o local tem mais centenas de outras flores e 9 mil begônias, um verdadeiro espetáculo ao olhos. O Regent´s Park fica próximo ao famoso museu de cera Madame Tussauds, e abre ao público sempre a partir das 5h. O horário de fechamento depende do período do ano. Mais informações no site oficial: https://www.royalparks.org.uk/parks/the-regents-park.

Para completar a lista, é impossível não citar o Kew Gardens, o Jardim Botânico Real, considerado patrimônio mundial pela Unesco, desde 2003. Com um dos maiores acervos de plantas do mundo, contando com mais de 27 mil espécies, o local se destaca pelo desenvolvimento da pesquisa científica da flora mundial. Jardins e estufas, com condições controladas de temperatura, reproduzem diversos habitats, possibilitando o cultivo de espécies dos mais variados tipos de clima. Situado a 30 minutos do centro de Londres, o Kew Gardens abre diariamente, mas os horários de funcionamento variam conforme as estações do ano. Para mais informações: https://www.kew.org/kew-gardens  


Odair Oliveira