Pesquisa mostra mudança de perfil nos imigrantes brasileiros no Reino Unido

Maior motivação é ter experiência cultural no país

Morar no Reino Unido é um sonho comum entre os brasileiros, mas ao contrário do que muitos podem pensar, a principal motivação da maior parte dos imigrantes, que consegue realizar esse desejo, não é melhorar a vida financeira, mas, adquirir uma experiência cultural e de vida. É o que mostra uma ampla pesquisa sobre imigrantes brasileiros no Reino Unido, realizada pelo GEB (Grupo de Estudos sobre Brasileiros no Reino Unido), formado por pesquisadores brasileiros ligados a universidades britânicas.

Liderada pelas brasileiras Yara Evan, pesquisadora da Queens Mary University of London, e por Ana Beatriz de Souza, da Oxford Brookes University, o estudo revela que, atualmente, a maioria dos imigrantes brasileiros no Reino Unido tem um maior nível educacional e veio ao país, principalmente, para ter uma experiência de vida. Além disso, não tem previsão de retorno ao Brasil e estão mais integrados à sociedade britânica.

Segundo a pesquisa, 73% dos entrevistados ao menos iniciaram o nível superior no Brasil antes de emigrarem ao Reino Unido. A maior parte também é casada (67%) e não tem filhos (55%). O estudo demonstra que os imigrantes sem educação formal, que chegam ao país com o objetivo de ganhar dinheiro e depois voltar ao Brasil, ainda existem, mas são minoria (17%).

A maior parte dos entrevistados tem entre 30 e 39 anos e vem das regiões do Sudeste e Sul do Brasil, principalmente, da cidade de São Paulo (31%). Além disso, o maior contingente da amostragem vive no país com um passaporte europeu por descendência (34%), seguido de 22% com passaporte europeu por união, 11% com visto de trabalho e residência, 8% estudantes, 5% disseram não ter visto e apenas 1% com visto de turista.

O levantamento foi realizado com base em 700 questionários preenchidos por adultos nascidos no Brasil e que estavam pelo menos há seis meses no Reino Unido. Segundo as pesquisadoras, o controle rígido das autoridades britânicas na imigração reflete nessa mudança de perfil, uma vez que as pessoas com baixo poder aquisitivo tem mais dificuldade em entrar no país.

Fontes:

https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mais-enraizado-e-com-nivel-superior-imigrante-brasileiro-muda-de-perfil-no-reino-unido,ccee7a585963c3e21908e23145fb1c74xppthtqa.html

http://www.noticiasemportugues.co.uk/texto-diario/mostrar/383070/quem-e-brasileiro-no-reino-unido-pesquisa-aponta-um-novo-perfil-do-imigrante


Odair Oliveira