Incertezas com o Brexit agrava crise política no Reino Unido

Primeira-ministra promete renunciar ao cargo se acordo de saída for aprovado 

As incertezas no processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) continuam e, com isso, cresce a crise política no governo e a insatisfação popular com o Brexit. Diante do agravamento da situação, a primeira-ministra Theresa May anunciou que vai deixar o cargo assim que o acordo sobre o Brexit for aprovado.

A promessa de renúncia aconteceu depois dos parlamentares rejeitarem todas as alternativas para o Brexit. Dessa forma, o pronunciamento de May é uma tentativa de convencer o Parlamento a aceitar o acordo proposto. O prazo previsto inicialmente para a saída do bloco era 29 de março. No entanto, com a indefinição dos termos da separação, o prazo foi prorrogado para, pelo menos, 12 de abril. Também há a possibilidade de um prazo maior, até 22 de maio, caso um acordo seja aprovado.

Em comunicado oficial, o Conselho Europeu afirma que só aceitará a proposta de acordo de saída que foi aprovada pela UE em 2018. No entanto, o acordo já foi rejeitado por duas vezes pelo Parlamento britânico, assim como as outras alternativas para o Brexit. Por enquanto, a indefinição continua e o clima de insatisfação aumenta no país.  

Segundo estimativas, mais de um milhão de pessoas saíram às ruas em Londres para pedir um segundo referendo sobre o Brexit. Os manifestantes marcharam no centro de Londres e se reuniram em frente ao Parlamento britânico, dois dias depois que os líderes europeus concordaram em ampliar o prazo para definição do Reino Unido sobre a saída da União Europeia. .

De acordo com a organização do protesto, a quantidade de pessoas na manifestação contra o Brexit foi tão expressiva que a colocou em pé de igualdade com a maior marcha britânica do século, a Stop The War, de fevereiro de 2003, contra o envolvimento do Reino Unido na então iminente Guerra do Iraque. No site do Parlamento britânico, uma petição on-line pedindo pela desistência do Brexit chegou a quatro milhões de assinaturas, tornando-se a petição mais popular já apresentada ao governo do país.  


Fonte:

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/03/27/parlamento-britanico-rejeita-todas-as-propostas-apresentadas-como-opcoes-ao-brexit.ghtml

https://oglobo.globo.com/mundo/manifestantes-saem-as-ruas-de-londres-para-pedir-2-referendo-sobre-brexit-veja-fotos-23545566

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-47682625

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/03/28/promessa-de-renuncia-e-alternativas-rejeitadas-entenda-em-que-ponto-esta-o-conturbado-processo-do-brexit.ghtml

https://noticias.r7.com/internacional/parlamento-britanico-descarta-vias-alternativas-ao-brexit-27032019

Odair Oliveira